Frequência

Flag Counter

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

“Socorro, mi papá está Borracho!”

No mês de setembro estivemos viajando para ajudar no Treinamentos das Missionárias Educadoras dos PEPEs na Colômbia e, também, no Peru.

Na Colômbia, o treinamento foi em Bogotá, onde estão as Coordenadoras Carmem Ligia Ferreira e Ana Loide Leão (nossas missionárias JMM), e que fazem um excelente trabalho.

As equipes participaram onde já estão funcionando os PEPEs e outros que deverão começar no próximo ano letivo. Fomos também a Bucaramanga onde há um lindo ministério de evangelização das crianças dos PEPES e suas familias. Passamos por varias áreas de guerrilha: ainda existem lugares chamados de “zonas Rojas”, onde é muito perigoso para estrangeiro entrar. Assim sendo, as Igrejas enviam suas equipes para cidades mais seguras. Depois de treinados, eles voltam pra fazer a obra mas, o que impressiona é que não importam os obstáculos, existe o desejo de fazer Cristo conhecido.

O que me impressionou na grande Bogotá, que possui mais de 8 milhões de pessoas, é uma região muito grande chamada Cazuca, onde existem mais de 300 mil crianças sem escola, e ali deverá começar um PEPE, que já está sendo disputado pelas famílias. É um lugar muito pobre,um campo missionário desafiador...

Depois de uma semana fomos ao Peru, ali existem 21 PEPEs distribuídos pelo País, mas este Treinamento foi o primeiro em nível Nacional. Participaram 60 Missionários Educadores por 3 dias na cidade de Shiram.

Ouvi muitos testemunhos, entre eles o de uma Missionária Educadora chamada Clorinda.
Ela disse:
-Tenho um menino no PEPE que se chama Javier e Deus está escrevendo uma nova historia na vida de sua família.
- Ah sim? E como foi isto? Perguntei:
- La senhora Julia , matriculou o Javier de 5 anos no PEPE, sem que seu esposo soubesse que era na Igreja dos “evangelios”. Respondeu ela.
O marido a agrediu e disse: -“Se vc não tirar Javier lá do PEPE, vou te matar. Te quebro de pau, Javier é um burro mesmo não precisa ir à escola, não vai aprender nada mesmo!!”
A mãe desesperada disse à Missionaria Educadora:
-Vou tirar o Javier do PEPE, pois meu marido falou que se eu não fizer isto vai me matar, e ontem já me bateu muito, além disso: nosso filho é um burro mesmo, é perder tempo...
_ Sabe o que vamos fazer? Disse Clorinda. _ Vamos orar por seu esposo para que Deus toque seu coração e Javier possa continuar assistindo às classes.

Os dias passaram a mãe foi espancada muitas vezes, mas Javier continuou.
Ele aprendeu a orar, memorizou o salmo 23, as canções que falam do amor de Deus. É muito inteligente, ensinou à mãe o salmo 23, e o pai sempre bêbado, quando o via, “rosnava”:
-Para que perder tempo indo ao PEPE? Você é um inútil...nunca vai aprender nada mesmo!
Não tardou muito e a mãe entregou sua vida ao Senhor.
Muitas vezes Javier chegava ao PEPE correndo desesperado:
-Socorro, socorro! Meu pai está “borracho”(bêbado). Por favor! Não deixa ele me bater.Vamos orar professora, vamos orar para que mi Papá não seja mais borracho...

Hoje o senhor Fred, pai de Javier já aprendeu o salmo 23, vai algumas vezes à Igreja e já não olha os “evangelios” com desconfiança. Javier é o melhor aluno daquele PEPE. Deus está escrevendo uma nova historia nesta família!! Ore para que Deus possa completar a obra no coração do pai do Javier.

Gloria A Dios pues El apagou una historia e está escribindo una otra mucho mas hermosa!!
Faça parte do PEPE!!! Ajudenos a ajudar !!!

Obrigado por suas orações, pelo seu amor e carinho.

Um abraço dos seus missionários no Paraguay
Pr.Carlos Alberto da Silva
Lidia Klava da Silva

Para saber mais:
http://www.jmm.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1217&Itemid=275

Nenhum comentário: