Frequência

Flag Counter

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Filosofia e Cosmovisão Cristã



"O mundo está mudando a passos alarmantes. A cada dia, novos valores surgem. As pessoas não se contentam com o antigo. A novidade do momento é o que interessa. Muitas são as indagações. As pessoas não querem mais respostas objetivas de uma única fonte, principalmente se essa fonte afirma ser inspirada por Deus.Cada vez mais a 'morte de Deus' é decretada e aplaudida. O número de ateus cresce a cada dia, e são ateus militantes, gente que labuta pela causa do ateísmo com todo o vigor. Cada um quer seguir sua 'filosofia de vida'. Conceitos como 'verdade', 'moral' e 'fé' são levados para o campo pessoal. O que interessa a cada um é ter a sua própria verdade, sem a necessidade de submetê-la ao crivo da razão ou da fé.Esse quadro negativo tem assumido proporções gigantescas, atingindo todas as camadas sociais. O mundo realmente não é mais o mesmo. O cristianismo também não.Infelizmente, o cristianismo não escapou da influência do relativismo. Ele também tem sofrido as conseqüências dessas transformações no cenário mundial. Novas formas de pensar se sobressaem, levando o cristianismo a repensar e a rever suas posições no campo do conhecimento e da ética. O discurso relativista vem tentando tomar conta da religião cristã, com razoável sucesso. Conceitos anteriormente vistos como inegociáveis para a fé agora são tolerados facilmente em nome da unidade na diversidade. Adotou-se um 'inclusivismo irrestrito', admitindo-se agora várias verdades em detrimento da Verdade.Entretanto, mesmo em meio a esse reboliço no campo da razão e da fé, ainda há pessoas preocupadas com conceitos fundamentais e inquietantes, com dúvidas e indagações que incomodam a humanidade há muito tempo:Com tantas opiniões e tantas religiões no mundo, como alguém pode afirmar que existe uma só verdade? Existe realmente uma Verdade entre as diversas 'verdades'?Diante de tantas opções de pensamentos e de crenças conflitantes entre si, em qual devemos acreditar? Todas são válidas?Deus existe como realidade? Se existe, podemos conhecê-lo verdadeiramente?As doutrinas cristãs ainda fazem sentido ou são relevantes nesse mundo em constante transformação de seus valores?Podemos realmente falar na existência de um Deus de amor quando o mal, em muitas de suas facetas, parece dominar o mundo?"
Para saber mais:

Nenhum comentário: